Os criadores de comida (II)

23 jul • A Vida como ela foiNenhum comentário em Os criadores de comida (II)

Farmers and products on the farm

Na segunda parte sobre usos e costumes das colônias alemãs no Rio Grande do Sul, especialmente na região do Vale do Caí, lembro da minha infância e depois das férias de inverno e verão que passava com os meus tios Sireno e Emerlina Selbach, em São Vendelino. Durante praticamente 20 anos nestas condições quase nada mudou. Foi só dos anos 1970 em diante que e explosão demográfica destroçou tudo e pôs abaixo todas as cenas da minha infância e adolescência. Como era verde meu vale, então.

Meu tio era escrivão, mas nossos vizinhos eram todos colonos, quase sempre com uma gleba de terra entre 20 e 25 hectares, oficialmente chamadas de Colônias de Campo. Foi no tempo da colonização que essa palavra se incorporou ao cotidiano. Começando pelas refeições: o café da manhã era bem cedo; para quem tinha vacas para ordenhar, muito cedo. Tipo 4h30min. No meio da manhã, comia-se uma refeição intermediária (frishtick). Levava-se à roça café com leite, pão feito em casa, geralmente preto, manteiga, salame e shmier da colônia; ao meio dia, almoço e breve sesta para os pais. Filhos tinham que trabalhar.

No meio da tarde, vinha outra frishtick nos mesmos moldes da manhã. Aí os colonos iam até o anoitecer. Depois vinha a higiene pessoal sempre feita no capricho. Quem trabalhava na roça cuidava especialmente dos pés, que mais sofriam com a lida. E quase sempre de pé descalço, quando muito, tamancos. Dormia-se cedo, por volta das 21h ou pouco mais. Mas vai dizer isso para a gurizada, vai. Eu guardo na memória cheiros, imagens, sons, gargalhadas tudo à luz de um candeeiro ou velas de cera de abelha. Depois veio o progresso, com as lâmpadas Aladim, que custavam caro.

Dos cheiros falo amanhã.

Imagem: Alimento vetor criado por brgfx - br.freepik.com" target="_blank">Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »