São quase 30 milhões

19 jun • Artigos1 comentário em São quase 30 milhões

Foto: Claiton Dornelles/JC

Aproximadamente 28.788.480. Não, não é saldo na conta bancária. É o número de caracteres escritos pelo Fernando Albrecht na Página 3 do Jornal do Comércio, até ontem, quando completou 21 anos de casa. Modesto, o piá de São Vendelino não quis colocar uma linha aqui no blog sobre as homenagens recebidas pelo JC ou pela Coletiva.Net – leia aqui. Mas o bom de ser assessora dele é isso: teimar com o chefe e publicar este marco importante não só para ele, mas para os leitores e colegas de profissão. Podem ficar com inveja.

Neste ano, Albrecht, também comemora 50 anos atuando na comunicação. Em setembro de 1968, começou na Redação da ZH, quando esta ainda se localizava na Sete de Setembro – onde hoje é a garagem Rex. O proprietário do jornal era Ary de Carvalho, e Fernando só chegou à redação porque o amigo e colega de faculdade Ademar Vargas de Freitas falou de uma vaga para a reportagem policial. “Boca braba na época”, como já me descreveu o próprio Albrecht numa noite em que fomos saborear a pizza na panela do Pedrini. Podem ficar com inveja de novo.

Outro dia, ele me contou que fazia faculdade no turno da manhã, trabalhava no Banco da Província, entre 12h30min e 19h. Logo após às 23h, tinha de estar na redação da ZH, a fim de cobrir os crimes da madrugada. Para comer e dormir, pouco mais de três horas. No final de semana, o plantão era dobrado. E você pensando que, atualmente, trabalha demais, na redação “multimídia”, onde tem de se virar nos 30, né? Pois Albrecht garante que aquele foi um dos períodos mais felizes da sua vida.

Fernandinho, como eu gosto de chamá-lo, recebeu convite do Maurício Sirotsky para produzir e coordenar o Campo & Lavoura na TV Gaúcha, em 1975. Vinha a ser o primeiro programa de agronegócios da TV Brasileira, depois copiado pela Globo. Ele passou por agências de publicidade, jornais, rádios, site de notícias. É ganhador de centenas de prêmios de Jornalismo, e acabou dando nome a um troféu do Prêmio Press.

Parabéns, guri, pelos 21 anos de Página 3 de JC, por seres esse baita profissional, amigo, cavocador de um bom furo, teres ética, e, como resultado, conquistado tanto respeito. Tenho orgulho de ser tua amiga. Por favor, não me demita pela minha teimosia. É uma baita admiração.

maioridade Fernando Albrecht no JC

Anúncio publicado ontem pelo Jornal do Comércio

Anúncio publicado ontem pelo Jornal do Comércio

Foto: Claiton Dornelles

Carla Santos

Jornalista, assessora de Fernando Albrecht, de quem foi colega no Jornal do Comércio. Atuou como chefe de Redação no Palácio Piratini, assessora de comunicação de diversos clientes. Hoje faz assessoria em mídias digitais para empresas e é editora do jornal de bairro Voz da Vizinhança.

Artigos Relacionados

One Response to São quase 30 milhões

  1. jorge backes disse:

    Bom dia
    Entendi que este numero é saldo bancário, aplicação ao portador….
    Já estava pensando no valor do “vale”…. hehehe
    Tenha certeza, ninguém fica 21 anos sem ser muito bom….

    parabens
    abraços do filho da tua professorara….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »