Herr Wagner e frau Cosima

1 jun • A Vida como ela foiNenhum comentário em Herr Wagner e frau Cosima

Cosima Wagner Cosima Francesca Gaetana Wagner, nascida em em Bayreuth em 1837 e falecida em 1930 – longeva a senhora – foi a segunda esposa do compositor alemão Richard Wagner. Ela era filha do pianista e compositor húngaro Franz Liszt, outro que não pregava prego sem estopa.

Para os padrões da época, Cosima era considerada muito bonita. Um dia, ela estava na roca de fiar, o tricô da época, enquanto o maridão trabalhava no Anel dos Libelungo. De repente, ele interrompeu o que fazia e pôs-se a admirar a beleza de Cosima. Instantes depois, seus olhos se encontraram. Ela corou e seus seios arfaram. Naquele tempo, as mulheres coravam e seus seios arfavam. Hoje, nem um, nem outro. Silicone não arfa.

– Como és bonita, minha amada, como és bonita! Deverias ter casado com Deus!

Cosima, que de trouxa não tinha nada, respondeu de bate-pronto.

– E o que foi que eu fiz?

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »