Cena rara

26 out • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Cena rara

Imagem ilustrativa (Frepik)

Imagem ilustrativa (Frepik)

Vi uma cena que me comoveu no sábado de manhã. Estava eu bebericando um expresso, no Chocólatras da Dinarte Ribeiro, quando, na mesa em frente, sentaram-se uma idosa e, presumi, seu filho. Precisavam ver como ele a tratava com carinho, paciência, voz suave e compreensiva com sua falta de memória intermitente. Não se vê  muito disso hoje em dia.

Pix - 600x90-100 (3)
 Antes de ir embora fui a eles e cumprimentei o filho, na faixa dos 40 anos. Não sei como o senhor vai receber isso, mas meus cumprimentos. Então me virei para ela e a cumprimentei pelo filho que tinha. Muito obrigado, disse ela com altivez.

ELEIÇÃO DE LÁ

Se Donald Trump vencer a eleição, o  Brasil terá a continuação histórica da forma com que os Republicanos tratam o País, melhor que os Democratas, também historicamente. Se Joe Biden levar, rezemos, e não só por causa de Jair Bolsonaro.

MOCINHOS E BANDIDOS

Engraçado como os brasileiros veem os dois partidos.  Tendemos a achar que os Democratas são pacifistas, do bem e coisa e tal, resquícios do charme e ações do presid3nte John Kennedy. No entanto, é justamente o contrário. Quem começou a Guerra do Vietnã foram os Democratas e quem a terminou foi o republicano Richard Nixon.

Quem fez o acordo Salt, de restrições aos mísseis nucleares balísticos, foram os Republicanos. Quem reatou relações com a China também.

É OUTRO O PERIGO

As sucessivas ondas migratórias de outros continentes para a Europa não vão destruir o futuro do Velho Mundo. Vão destruir seu passado.

GRANDES NOMES

Revi o filme a Revolta dos 7 Homens, sequência do Sete Homens e Um Destino. Lá pelas tantas, o personagem interpretado por George Kennedy pergunta a um mexicano porque seu povo tinha nomes tão longos, às vezes com quatro ou mais nomes do meio.

– Talvez por que temos a vida curta – falou ele, com o sombreiro respeitosamente nas mãos.

Grande frase. Lembra outra do ex-presidente mexicano Porfírio Diaz, uma das melhores que li.

– Pobre México. Tão perto dos Estados Unidos e tão longe de Deus.

EFEITO ESPARADRAPO

As luvas ou a luva de filme plástico que somos obrigados a usar nos bufês de comida a quilo, têm o mesmo defeito dos esparadrapos. Uns não grudam, outros não desgrudam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »