Diário de uma Vida Nova

24 abr • Caso do DiaNenhum comentário em Diário de uma Vida Nova

fernando albrecht foto de patricia comunello

Amigos de prontidão

Foi muito bom chegar de volta no Jornal do Comércio e receber efusivas manifestações de carinho de colegas jornalistas e do pessoal administrativo da empresa. Emocionante, até. Como escrevi no blog, o médico me liberou para trabalhar por três horas diárias na redação, responsável pela Página 3, Começo de Conversa que sou.
Foto: Patricia Comunello 

Como todo o brasileiro…

…horários limitados em xis horas não funcionam. Agora, por exemplo, já passei das três horas e devo chegar rápido a três horas e meia. Então, vou embora para casa, home sweet home. Durante esta semana, fico neste ritmo. Semana que vem, aumento a carga horária e, na terceira, sai da frente.

O incompreensível

Durante minha convalescença, tive que escrever muita coisa em língua cursiva, anotações e pequenos recados. Minha letra sempre foi ruim, de maneiras que era eu e os médicos, que têm fama de escrever hieróglifos, justa ou injustamente. Com o computador, os pacientes dos esculápios podem respirar aliviados, mas não comigo. Quando eu escrevo só eu e Deus entendemos o texto. Depois de algumas horas, só Deus. Passada uma semana, nem Ele sabe decifrar.
JC
Leia e assine o Jornal do Comércio clicando aqui.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »