Diário de uma Vida Nova

6 abr • Caso do DiaNenhum comentário em Diário de uma Vida Nova

A Múmia

Uma das minhas maiores preocupações, quando me internei para fazer a cirurgia no hospital São Francisco da Santa Casa, era o tamanho do buraco que iriam escavar no meu abdômen. Na realidade, não era bem o tamanho, mas a largura do bicho.

A gente sabe que os costureiros de hoje em dia fazem milagres e os pontos (24) não se rompem como antigamente. Só que, por cima dessa autoestrada, obviamente vai um curativo, e bem grudadinho para evitar que os pontos se rompam ao menor espirro ou até a uma ameaça. Na minha fantasia, calculei que iriam me enfaixar tanto que eu pareceria uma múmia.

Bem, se assim fosse, pelo menos, da mesma qualidade que a da usada no Faraó Tutancâmon. Não foi nada disso. Foi apenas uma faixa, como direi, uma espécie de ciclovia e não uma via expressa de seis pistas. Menos mal.

Desafio

Mandei um whats ao Usain Bolt, desafiando-o para um mano a mano de 100 metros rasos, mesmo com o estado em que estou. Ele nada respondeu, o covarde. Não duvido que responda daqui a meio ano, dizendo que caiu o sistema.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »