Como era grande meu quarto

4 out • A Vida como ela foiNenhum comentário em Como era grande meu quarto

Vector cartoon illustration interior orange-blue bedroom, a living room with a bed, soft chair, stool, chest of drawers, floor lamp.

Há tempos, um jornal publicou um caderno especial sobre imóveis, mostrando tudo para quem quisesse comprar, vender ou só dar uma espiada no que rolava nessa área. Muito bom por sinal. Mas uma matéria em especial não aguentei. Falava sobre a última moda de contêineres servindo de moradia. Título: “Toda a sofisticação de um contêiner”.

Ai meu Jesus Cristinho, essa foi braba! Como até dependência de empregada e banheirinho que seria apertado para uma pulga vira minisuíte, não duvido que o próximo passo do encolhimento físico dos apartamentos enseje uma matéria com o título “Toda a sofisticação de um caixão de defunto”.

Lembrei disso ao dar uma espiada em um desses edifícios modernosos, cuja sofisticação começa no nome e também para por aí. Sacadas grandes e quartos pequenos, o que houve com o quarto do casal que costumava ser amplo? Será que o vapt-vupt hoje é tão vupt assim?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »