As cores da infância

21 out • A Vida como ela foiNenhum comentário em As cores da infância

cores da infância

Criança, ainda, tentando aprender o mundo no curso fundamental no Grupo Escolar de São Vendelino, então Curso Primário, lembro do meu deslumbramento quando ganhei uma caixa de lápis de cor. O mundo podia ser pintado! Algumas semanas depois veio a fase 2 do deslumbramento, quando por acaso passei o lápis amarelo e a página do meu caderno ficou verde! Foi adiante misturando cores e recordo como obtive o lilás misturando vermelho e azul.

O mundo não era só colorido. O mundo era meu. Pensei ter descoberto a roda, quando tempos depois fiquei sabendo que um italiano chamado Leonardo da Vinci tinha feito a MINHA descoberta 500 anos antes, o traidor da minha alegria de inventor. Era difícil obter conhecimento sem bibliotecas e principalmente saber o que procurar, então levei anos para descobrir que da Vinci criou a Teoria das Cores a partir das cores básicas, vermelho, amarelo e azul – a TV substituiu o amarelo pelo verde, resultando nas cores secundárias.

Eu tenho um palpite sobre esse italiano. Ele era ou um ET ou um viajante do tempo. Não pode um sujeito criar tantas coisas, antever avião, helicóptero e dezenas se não centenas de invenções que usamos hoje com um cérebro humano, ainda mais cérebro daquela época. As descobertas básicas foram todas feitas lá atrás. Hoje só as emolduramos.

Mas tive meus 15 minutos de deslumbramento, ah se tive. Ele só acontece na infância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »