Solo, doce solo

31 jul • NotasNenhum comentário em Solo, doce solo

 As negociações duraram oito meses e foram feitas no maior sigilo em São Paulo. A área inicialmente prevista ficava em Guaíba, mas não deu. Sobrou Gravataí. A terraplenagem levou tempo e dinheiro porque choveu mais que em Salt Lake City, uma das áreas mais chuvosas dos EUA. A montadora batizou o projeto de Arara Azul. Uma das façanhas da GM foi bancar o transplante para outras áreas de mais de uma centena de figueiras adultas já na meia idade. Com exceção de cinco ou seis, todas as demais vingaram no novo lar.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »