O olho argentino

17 jun • A Vida como ela foiNenhum comentário em O olho argentino

Fernando Albrecht conta o causo do olho no banheiro

Um empresário do setor calçadista que tinha uma mansão em praia do Litoral gaúcho era famoso por dar festas estilo open house. Comes & Bebes da melhor qualidade. Certa noite, ele me convidou para uma delas, convite que fazia com alguma assiduidade.

Por razões que não vem ao caso, só consegui chegar duas horas depois do início dos trabalhos, então a turma já estava mais levantada que bunda de corista. Sentei numa mesa disposta no belo gramado que circundava a casa. Neste momento, um executivo, um paulista que não conhecia muita coisa de Rio Grande do Sul, veio a mim totalmente alterado. Puxou uma cadeira e quase caiu porque sentou muito na beira.

– Meu amigo, levei um cagaço agora mesmo. Imagine você que fui ao banheiro e ao lavar as mãos levei um susto: vi um olho na pia olhando para mim!

– Um olho olhando pra ti? Que delírio foi esse?

– Foi o que pensei na hora. Rapaz, jurei que nunca mais botaria uma gota de álcool na boca, estava tendo alucinações. Por sorte, em seguida tudo foi esclarecido.

Chamou o garçom e pediu mais uísque.

– Me sai um sujeito do outro box, lavas as mãos e bota o olho que estava na pia no olho. Quer dizer, no olho que ele não tinha. Era uma prótese, caramba!

Ri. Como era novo na praça, o paulista não sabia que um conhecido político gaúcho tinha um olho de vidro, prótese de procedência argentina, que na época tinha fama de ter os melhores vidraceiros, digamos assim.

Quando a festa acabou, tiveram que carregá-lo para casa de tão borracho que estava.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »