O Face e seu Masoch

2 mar • Caso do DiaNenhum comentário em O Face e seu Masoch

Houve uma discussão no Face sobre “pluralidade de opiniões” depois que o jornalista Júlio Ribeiro, editor da revista Press, disse estar de saco cheio com pessoas que defendem o status quo do governo, insinuando que pode cair fora dessa roda. Não o culpo. E vou além: quem reclamou de que o Júlio não queria a tal pluralidade está é querendo que seu ponto de vista predomine. OU seja, ele é que não quer a pluralidade de opiniões.

Aí volto a um dos meus princípios pétreos: se você não tem pelo menos 30% de chance de êxito numa discussão, caia fora dela. É apenas um exercício de masoquismo. Lembrando que a expressão vem do romance A Vênus de Peles, do austríaco Leopold von Sacher-Masoch, em que o personagem só atinge o orgasmo após ser surrado pelo amante da sua mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »