Humanidade drogada

22 out • Caso do DiaNenhum comentário em Humanidade drogada

Fernando-Albrecht-colunista-fala-sobre-a-humanidade-drogada-e-o-consumo-de-drogas-como-heroína-cocaína-ópio-medicamentos

  Assisti a um interessante documentário sobre a história das drogas pesadas nos Estados Unidos, a morfina, o ópio, a heroína – vêm todas da mesma planta – e a cocaína. Os americanos começaram a se viciar na segunda metade do século XIX, durante a Guerra Civil. Era usada para anestesiar os soldados muito feridos e durante as cirurgias. Finda a guerra, uma geração de veteranos estava viciada.

De certa forma, todos nós usamos drogas todos os dias, entre aspas ou não. Usamos calmantes, soníferos, ansiolíticos, analgésicos, relaxantes musculares, antidepressivos, antibióticos e dezenas de variáveis como vitaminas e vacinas, sem falar nas drogas lícitas como álcool e cigarros.

A humanidade é movida por drogas. Natural que o mundo tenha se transformado em uma droga.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »