A minha cara

12 dez • NotasNenhum comentário em A minha cara

love

Estava eu passeando pelo lounge Love, armado na Estância da Figueira, das agora amigas Karen e Suellen (foto), quando a promotora dos relógios Rolex me mostrou alguns modelos. Eu devo ter cara de rico, porque todo mundo que vende produto caro pra caramba me oferece um. Ela pegou um e disse “É a sua cara”. De fato, era mesmo. Mas como custava R$ 39 mil, não era para meu bolso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »