Vida de circo

18 mar • Caso do DiaNenhum comentário em Vida de circo

Todo esse grotesco episódio que envolve a cúpula do Governo e Lula mostra gente desesperada em manter-se no Olimpo. Não são, na maior parte, projetos ideológicos, são projetos pessoais. Ninguém quer largar o osso. Se é assim com os grandalhões, imaginem os milhares de cargos atrelados, talvez dezenas de milhares. Por isso que gente dos partidos da ex-base aliada teima em não largar o osso. O que vou dizer em casa se perder o emprego?

Todo circo tem que ter trapezistas, palhaços, anões, atiradores de facas, globo da morte, túnel do terror, leões (inclusive de chácara), macaquinhos travessos, domadores com chicote, ginetes de pé em cavalos fogosos que dão a volta à toda velocidade no picadeiro. E mágicos. Usam magia para se perpetuar no poder. Mais dia, menos dia a magia faz puf! e desaparece, e outros caem do cavalo.

E do leão a história só lembrará do rugido e que, ao fim e ao cabo, tem medo do chicote.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »