Sofia não em escolha

27 mar • Caso do DiaNenhum comentário em Sofia não em escolha

A ESCOLHA DE COMPRAR CELULAR ROUBADO

 Com os assaltos aos ônibus da Capital gaúcha, é melhor pegar um que esteja meio vazio ou um com gente em pé? Qual a melhor escolha? Tem que se botar na cabeça do assaltante. Ônibus com poucos passageiros significa menos dinheiro e celulares, mas há espaço de sobra para manobras de escape. Se o ônibus estiver cheio, a féria é maior, mas a logística de fuga complica bastante. Há um porém.

 Se o assaltante estiver drogado, e muitas vezes ele está, não há sequência lógica no evento, a não ser conseguir dinheiro e vender celulares para reabastecer vendidos a preços entre R$ 200,00 e R$ 300,00. Além disso, ele usará de violência. Moral da história: Sofia não tem nenhuma opção. Sofia está ferrada total. Quem compra celular roubado é o pior dos criminosos. Na realidade, ele é um homicida também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »