O retrato do monstro

25 fev • NotasNenhum comentário em O retrato do monstro

Da página 3, que assino no Jornal do Comércio:

Tão vistosa que era nos seus primeiros anos de vida, Brasília hoje incorporou o que a política e o governo tem de pior. Ela é o retrato de Dorian Gray de Oscar Wilde. Ou, para usar a obra de Robert Louis Stevenson, de médico, a Capital Federal se transformou em monstro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »