Marcha no pé

27 fev • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Marcha no pé

O tal samba no pé perdeu o sentido há muitos anos, pelo menos no desfile das escolas “de samba” do Rio de Janeiro e das capitais que tentam imitá-lo. A batida é de marcha-rancho, para começar. E por bonitos que sejam os enredos e caros efeitos, o espírito do carnaval deu lugar ao maior espetáculo da terra. Um show, verdade, mas carnaval que eu lembre era outra coisa,

ADEUS A MOMO

Digam o nome de uma só marchinha ou samba-enredo que tenha caído no gosto popular? Não me refiro ao povo da Marquês do Sapucaí, mas aquelas melodias assobiáveis com o Brasil inteiro sabendo de cor pelo menos parte da letra ou do refrão.

OS EMPREENDEDORES

Um dia alguém ainda vai fazer a contabilidade. Quantas toneladas de drogas são vendidas – melhor, compradas – em média no país, e qual o porcentual de aumento durante o Carnaval.

BRINCADEIRA DE CRIANÇA

No primeiro filme Operação França, em 1971, baseado em fatos reais, os detetives Jimmy “Popeye” Doyle e seu parceiro Buddy Russo apreenderam 25 quilos de cocaína pura, que pode ser desdobrada para render 10 vezes mais. Hoje, 25 quilos o tráfico dá para as crianças brincarem em casa. Quilos foram substituídos por toneladas.

MOTIM A BORDO

O ministro Sérgio Moro foi ao Ceará e depois tranquilizou o país dizendo na TV que a situação estava sob controle, com outras palavras. Não está. Dois batalhões da PM seguem amotinados.

Print

SOB DESCONTROLE

Moro vacilou. Está tudo sob controle onde, cara pálida? É nestas horas que o Estado tem que mostrar força. O motim dos PMs cearenses, que pode contagiar corporações de outros estados, ou seja, o Estado dentro do Estado. Os americanos têm urticárias só de pensar na hipótese. Por isso que, no episódio de Waco, Texas, em 1978, o FBI entrou com tanques e armamento pesado para pôr fim na aventura maluca do pastor Jim Jones. Mesmo às custas da popularidade do presidente, nunca hesitam nesses casos.

O SÁBIO

Warren Buffet, um dos homens mais ricos do mundo, diz que a doença não afetou suas perspectivas econômicas a longo prazo. Seu conselho aos investidores: não comprem nem vendam ações com base nas manchetes dos jornais. É o que sempre digo. Você não pode acreditar em tudo que os jornais dizem.

CONFIE DESCONFIANDO

Paulo Francis costumava dizer que até mesmo o expediente de jornal (nome da empresa, razão social, endereços etc) e a data da edição precisam ser conferidos. Peguei o hábito. Um ano depois abri um jornal da Capital e vi que o dia da edição estava errado, era do dia anterior.

MAS QUE COISA, SEU!

Como se diz na Fronteira Oeste. Mais uma jogada de altíssimo risco essa do Capitão ao apoiar e depois silenciar sobre a manifestação do dia 15. Apesar desses saltos sem rede, Bolsonaro tem avaliação estável em fevereiro, segundo pesquisa da XP/Ibespe. Ruim e péssimo somam 36%. O que é preciso é uma pergunta sem resposta: se ele fosse mais educado, digamos assim, qual seria o percentual os que definem seu governo e sua figura como regular e bom chegando ao ótimo?

PENSAMENTO DO DIAS

Do jeito que a coisa vai, em breve teremos a profissão do personal drug dealer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »