Gente da noite

20 nov • A Vida como ela foiNenhum comentário em Gente da noite

  Final dos anos 1970. Rua Riachuelo, Centro de Porto Alegre. Estava eu a conversar com o publicitário e poeta Luiz Coronel quando se aprochega um vivente, jornalista razoavelmente conhecido. Havíamos acabado de molhar as ideias no Bar Pelotense e recém tínhamos começado a salvar o Brasil quando ele anunciou que seria candidato. Homem da noite, dos bares e das serestas, da MPB velha e nova, das madrugadas e da boemia, com raízes em cidade do Interior, foi desfiando sua contabilidade de sufrágios.

   – Olhem, eu estou eleito deputado estadual. Não tem erro.

  E começou a contar nos dedos.

   – Só na minha cidade faço uns cinco ou seis mil votos. Na região toda, uns bons três mil, mas meu eleitorado mesmo…

  Exibiu um ar triunfante. Eu e o Coronel nos entreolhamos.

    -…é a gente da noite! Calculo que só com eles faço uns bons oito mil. Preciso de 14 mil para me eleger, então por baixo são 17 mil. Por baixo, hein?

 Muito por cima. Na cidade e região, conseguiu mil eleitores. Na noite, e provavelmente também com a gente do dia, mal e mal deu dois mil. Tudo junto incluído, pouco mais de três mil. Nosso amigo cometeu um erro fatal na sua contabilidade.

   Gente da noite costuma varar as madrugadas e ir para casa só quando o sol nasce e as urnas abrem. Despertam por volta das cinco da tarde quando as urnas já foram lacradas.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »