Dicionários de assobios

24 jun • A Vida como ela foiNenhum comentário em Dicionários de assobios

afiador de facas

Profissão quase extinta, o Afiador de tudo que tem corte como facas e tesouras, entre outras, percorria as ruas usando como cartão de visita musical uma flauta de Pan, a mais antiga da história da humanidade. Para quem não lembra, é aquela série de canudos ou tubos colados uns aos outros emitindo as sete notas musicais.

Parava nas esquinas e tocava a flauta, para atrair interessados, geralmente donas de casa. Matou-os a banalização dos instrumentos fabricados pelos chineses e orientais outros. Adeus facas que duravam toda vida, adeus marcas como a alemã Solingen.

A representação gráfica dos sons emitidos é uma beleza à parte. A flauta de Pan era traduzida nos textos como “firulaí fiirulala”. O assobio para emitir admiração por uma mulher que passasse era “fiu fiu”, hoje detestado pelas mulheres. Um “fiiiiu…” deixando no ar surpresa, substituía a fala, tipo “mas que coisa!” Alguns “fius” são usados até hoje. Tem um mais difícil, que é assobiar para dentro.

Está faltando um dicionário de assobios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »