Classe M, de Mirabolante

1 dez • NotasNenhum comentário em Classe M, de Mirabolante

Da série “não sei se rio ou choro”. Em uma análise sobre renda da população, falou-se que quem percebe R$ 6.6 mil reais/mês pode ser considerado da classe A e B. Vamos lá. Em termos de sobrevivência, o cara que ganha isso é classe C até em Burkina Faso, na África, mesmo se for líquido. Quem acha que isso é ser classe A (ou mesmo B) não tem nenhuma noção de dinheiro. Já teve aquela barbaridade do IBGE dizer, no tempo de Dilma, que quem ganha R$ 3 mil por mês é classe média alta.

Nem o finado Fidel diria uma besteira dessas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »