A troça do troço

3 dez • Caso do DiaNenhum comentário em A troça do troço

Fernando Albrecht fala sobre os gnomos que bagunçam a sua bolsa no Face

   Estou cansado dos gnomos. Os incréus os chamam de Murphy e suas leis. Não mesmo. E são malvados, com DNA e PhD de malvadeza. Vejam o meu caso. Tenho uma bolsa – que fica no carro e, depois, no jornal – na qual carrego o que poderia alimentar um brechó inteiro, de tíquetes de não sei para quê, carregadores, material para limpar óculos, clipes, deixa eu dar uma espiada o que mais…ah sim, filtro solar, barras de cereal e sabe Deus o que mais. Até acho que nem ele sabe, concordo, mas os gnomos fizeram da minha bolsa buracos negros astronômicos.

  Fui procurar um troço. Revirei, revirei, e não achei. Era o filtro solar. E olha que a embalagem é cor de laranja. Simplesmente desapareceu. Desisti. Cheguei no jornal e procurei outro troço, o carregador do celular. Ao abrir o zíper a primeira coisa que vi foi o vistosa embalagem do filtro solar. Agora, era tarde.

  Só que não achei o outro troço. Desisti de carregar o celu no jornal. Cheguei em casa, abro o zíper e qual foi a primeira coisa que vejo? O maldito carregador.

  Os gnomos estão fazendo troça com meus troços.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »