A história dos Selbach

12 mar • A Vida como ela foiNenhum comentário em A história dos Selbach

brasão da família Selbach para o blog do Fernando Albrecht

      No dia 8 de abril, haverá a festa da Família Selbach descendentes do genearca Johann Peter Selbach. A família fez um exaustivo estudo da sua história, que remonta à Idade Média. O ancestral Peter Selbach pertenceu à poderosa Ordem dos Cavaleiros Teutônicos. O diferencial é que resgataram o brasão, em que se observa as atividades da família, como a criação de cervos e agricultura (trigo).

         Os Selbach também se dedicavam à navegação fluvial nos rios Mosela e Reno – os braços da forquilha invertida. Originalmente, o timão era inteiro. Depois, o brasão foi redesenhado com a peça partida ao meio. A explicação é surpreendente. Durante as Guerras Napoleônicas (1803-1815), toda a frota de barcos de Johan Peter foi sequestrada sem indenização por Napoleão Bonaparte. O brasão então foi refeito com o timão quebrado.

           Sem outra alterativa e quebrado graças ao baixinho Napoleão Bonaparte, que tinha a mania de ser metido a grande, meu ancestral veio para o Brasil, em 1829. Primeiro estabeleceram-se em São José do Hortência. Meu trisavô fundou o município de Selbach, que se diferenciou das demais correntes migratórias porque os colonos eram escolhidos por sua competência e expertise.

             Vamos que Napoleão Bonaparte não tivesse feito o que fez com meu penta-avô. Eu não teria nascido, pelo menos não no Brasil.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »