A fraqueza da Feira

3 nov • NotasNenhum comentário em A fraqueza da Feira

 A Feira do Livro de Porto Alegre está muito pobrinha. Acentua-se cada vez mais.  Parte é porque se lê cada vez menos, e o pouco que se lê é na internet, leitura no sentido ficções e não-ficções. Tenho falado, ao longo das edições, que a Feira teria que se reinventar, e não apenas ser um evento em que passam milhares de pessoas por dia mas poucos realmente pretendem comprar alguma obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »