Jesus e Israel

21 nov • A Vida como ela foiNenhum comentário em Jesus e Israel

Veja como começou a briga entre católicos e judeus em várias versões. Segundo disse um ministro do tempo dos governos militares achando que era sábio, “o problema é complexo e, como tal, comporta várias soluções”. Arre! Até hoje tenho pesadelos com o despautério. Mas quando se reúne conhecimento e bom humor a coisa fica fina. O inventor porto-alegrense (já patenteou um vaso simples, ovo-de-colombo, que nunca dá mole para o aedes), Clovis Pereira, mandou essa maravilha. Ei-la:

Comecei a pensar, um dia, como começou a religião católica. Prezado jornalista, vamos pensar juntos como o mundo é político. Judeus e católicos nunca se deram, pois cada um pregava uma filosofia. Exemplo: judeus forçaram para Pôncio Pilatos, que era romano, a matar Jesus de Nazaré, e assim foi feito. De lá pra cá, não teve paz por um motivo ou outro.

Mas os romanos se juntaram e criaram a religião católica, pegaram como filosofia a história de Jesus. Os anos se passaram numa briga entre igreja e o Estado de Israel. O Papa vai e diz para o ministro israelense, vamos fazer paz, nós mandamos os católicos para gastar em Israel e o governo de Israel concorda com a história de Jesus. Acordo firmado entre as partes.

Final dá história, estão se dando bem. Mas o senhor se lembra quando aquele pesquisador israelense que Jesus não ressuscitou? Eu disse para minhas amizades que o Papa ia ligar para o ministro de Israel e dizer, não vou deixar ir mais turistas para Israel. Sabe o que aconteceu? Não se viu falar mais no assunto. Eu disse que o ministro ia falar com esse pesquisador e lhe chamar atenção, certamente assim aconteceu.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »