Em busca do queijo perdido

9 out • NotasNenhum comentário em Em busca do queijo perdido

20171006_214308

 Sexta-feira passada, terminou uma peregrinação de 20 anos. Achei um dos meus queijos preferidos, que não é mais fabricado nem no RS nem em Minas Gerais, ao que saiba – o último que comprei veio de lá. Chama-se Limburguês, numa tradução livre. Achei por acaso no Armazém dos Importados, na rua Padre Chagas, Moinhos de Vento. Procurem por “queijo mole de casca lavada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »