Velhos novos tempos

18 jun • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Velhos novos tempos

menino no quadro negro brasil e sua descoberta de sampaulo
O chargista gaúcho Sampaulo, que foi meu grande amigo, era um crítico contumaz da mediocridade em geral. Este cartum e a sacada do Sampa são atualíssimos. Ele chama a geração daquele tempo (1958) de “Copa-Cola”. Imagina se ele conhecesse a geração atual.
Foto: Acervo Maria Lúcia Sampaio

Feliz Aniversário

O BRDE completou 57 anos de fundação nesta sexta-feira, dia 15 de junho. No primeiro quadrimestre de 2018, o Banco dos três estados do Sul já contratou R$ 433,5 milhões em operações de crédito, que apresentaram importante desconcentração de funding. O padrão histórico de 95% de recursos provenientes do BNDES recuou para 75%, complementados por 12% da Finep, 6% de recursos próprios, 3% do FCO, 2% do Fungetur e 2% de operações de Prestação de Garantias.

Copos plásticos

Em momento de recuperação da economia, o BRDE decidiu marcar o seu aniversário com o lançamento de campanha interna para a eliminação do uso dos copos plásticos descartáveis para café e água nas dependências do Banco. O diretor de Planejamento, Luiz Noronha, ressaltou que a instituição reafirma o seu compromisso com o futuro através de um gesto simples, mas que, em um ano, livra o ambiente de 400 mil copos.

Homenagem

Ronaldo Nogueira DIVULGACAO (2)A Reforma Trabalhista está completando um ano, que será comemorado com Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho em todo o País e, em 15 municípios do Rio Grande do Sul. Na comemoração da data, a União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS), formada por oito das maiores instituições brasileiras representativas da área de comércio e serviços, que são responsáveis por 15% do PIB brasileiro, homenageia o ex-ministro do Trabalho deputado Ronaldo Nogueira (PTB), considerado “o pai da reforma trabalhista”.

Foto: Divulgação

Briga de graúdos

Duas grandes empresas do ramo de venda de veículos travam uma batalha judicial no RS. A Sul House, do grupo Car House, ingressou com ação contra a CAOA Hyundai alegando ser concessionária do grupo paulista no Estado, com base na Lei 6729/79, também conhecida como Lei Ferrari.

Briga de graúdos 2

Depois da sentença de procedência da ação, a 15ª Câmara Cível do TJ/RS, por unanimidade, deu provimento à Apelação do grupo paulista CAOA para reformar integralmente a sentença e julgar improcedente a ação, não reconhecendo a Sul House como concessionária CAOA Hyundai. A briga de grandes não foi só entre as partes, mas também no Tribunal.

Briga de graúdos 3

Duas das mais tradicionais e reconhecidas bancas de advocacia do Estado atuaram no processo. O escritório Arnaldo Rizardo, por seu titular, defendeu a Sul House e o Lamachia Advogados, por meio dos sócios Claudio e Leonardo Lamachia, defendeu a CAOA, que saiu vencedora no TJ. Briga de grandes mesmo.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »