Utilidade pública

25 jun • NotasNenhum comentário em Utilidade pública

terneiros senar rs

De onde virão?

Lançado em 2012 pelo SENAR-RS e o Sistema Farsul, o seminário “De Onde Virão os Terneiros?” ultrapassou a marca de 5,9 mil participantes desde seu início. A iniciativa integra o Fórum Permanente do Agronegócio, que chega agora à 96ª etapa, a ocorrer entre os dias 28 e 29/6, em Jaguari. Ao todo, foram realizadas 19 edições do encontro focando a produção de terneiros, dirigidas a produtores rurais em 14 diferentes municípios gaúchos.

Foto: Tiago Francisco

Mais empregos

A nova lei trabalhista, que completou um ano, irá garantir mais investimentos no país, garantem especialistas que participaram de etapa de Lajeado (RS) das Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho realizada sexta passada. “Uma das maiores empresas automobilísticas do país garantiu que, com a entrada em vigor da lei, optará por investir no Brasil ao invés de investir em outros países da América Latina. A projeção é que seja feito investimentos de mais de R$ 6 bilhões”, disse o presidente da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, Ronaldo Nogueira, ex-ministro do Trabalho e um dos idealizadores da lei. Segundo ele, as empresas voltaram a contratar e a operar em turno integral, depois de muito tempo.

Segundo o coordenador científico do projeto, Bento Herculano Duarte Neto, que é vice-presidente do TRT21 e Diretor Científico do Instituto Brasileiro de Educação e Cultura (IBEC), a nova legislação criou um ambiente favorável para que sejam realizados investimentos no país. “A nova lei estimula a criação de mais empregos, mas para que isso aconteça é necessário que exista desenvolvimento econômico. E agora há um ambiente favorável a novos investimentos, devido à segurança jurídica a trabalhadores e empreendedores”, destaca Herculano.

O ministro do Tribunal Superior do Trabalho Alexandre Agra Belmont reforçou essa ideia ao revelar que, em recentes conversas com empresários, ficou muito clara a necessidade de uma menor interferência do Judiciário nas questões trabalhistas para mais investimentos no país. Antes da elaboração da lei, foi realizado amplo diálogo com todas as centrais sindicais do país. Para o professor Denis Rosenfield, essa ação foi fundamental ao sucesso da norma, que já vem garantindo a criação de mais empregos no país.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »