Uma questão de PAF

9 out • A Vida como ela foiNenhum comentário em Uma questão de PAF

Há quatro anos, o leitor Ricardo Baumhardt sugeriu que eu e o Affonso Ritter, colega de JC e parceiro nos áureos tempos do Jornal Gente da Rádio Bandeirantes, imitássemos outros jornalistas para concorrer nas eleições. Pensamos nisso, meu caro, mas só conseguimos 12 assinaturas, uma no Pinhal Alto, terra onde nasceu o Affonso, perto de Nova Petrópolis, e 11 em São Vendelino, onde este que vos fala veio à luz.

Aliás, eu nem poderia concorrer, porque São Vendelino é um principado, vocês sabem. Do país chamado Brasil só queremos verba do PAC e contra meu voto. Por sinal, o nosso partido já tinha até nome, o PAF! – Partido do Affonso-Fernando. Como não conseguimos as assinaturas, o PAF! virou PUF! e nós POF! no chão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »