Tudo parado

31 mar • NotasNenhum comentário em Tudo parado

Houve tempo em que eu recebia em torno de 700 e-mails por dia no Jornal do Comércio, afora spam. Claro, parte eram abobrinhas & inutilidades. Mas desde o ano passado, a queda (e não só eu quem diz, colegas colunistas também), o rio se transformou num fio d’água nos últimos dias. Até o número de spam claudicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »