The end of love  

14 nov • NotasNenhum comentário em The end of love  

Morreu Leonard Cohen um dos meus ídolos, que dizia tanto com tão poucas e simples palavras. Ele tinha o dom. Ouçam uma das suas belezas minimalistas – e o belíssimo backing vocal – com uma letra tão pungente quanto bela, a número 1 para mim. E depois comparem com o cacofonia de boa parte dos sons tribais que se ouve hoje. Estes, parafraseando o querido tio Willy S., narram um conto cheio de som cheio de fúria significando nada. Por piedade deixei fora o ” idiota” do original.

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=NGorjBVag0I[/embedyt]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »