Sou brega, mas quem não é?

27 fev • NotasNenhum comentário em Sou brega, mas quem não é?

Podia ser brega, mas a mulherada adorava. É o brega chique. Era (ainda é) ideal para dançar de rosto colado, os dois de olhos fechados, ele com aquela cara compungida de quem está com unha encravada. E ela, bem, ela fazia aqueles passos lentíssimos, mas de vez em quando, puxando a perna, como traçando uma lua minguante. Rapaz, quem nunca curtiu isso não viveu de verdade. Grandes, tórridos, desesperançados e trágicos amores.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »