Sem brinde

4 abr • A Vida como ela foiNenhum comentário em Sem brinde

Também teve o caso – recente – de um grande empresário gaúcho da área de utensílios de cozinha que comprou uma cara caminhonete, dessas cheias de letrinhas, o alfabeto inteiro mais caro que uma viagem para a Lua. Quando chegou em casa ligou para o vendedor, reclamando que o veículo fora entregue só com metade de gasolina no tanque. Ao que redarguiu o indagado.

– Olha, eu também acabei de comprar um kit de churrasco completo da sua empresa e nem por isso veio picanha de brinde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »