Salsicha também é cultura

4 mar • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Salsicha também é cultura

É do Chanceler de Ferro, Otto Von Bismarck, a frase “convém ao povo não saber como se fazem leis e salsichas. De fato, ver o processo ao vivo tira o apetite, mais pelos ingredientes misturados, o visual da coisa. Mas não é esse o fulcro. Falamos de salsichas como se elas fossem únicas, todas iguais. Na-na-ni-na-não.

De acordo com o Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Produtos de Origem Animal, as salsichas têm as seguintes denominações, conforme a matéria-prima utilizada e o processo tecnológico empregado (lembrando que salsicha é um produto cozido):

Salsicha comum

É feita de diferentes carnes de espécies de açougue, mais carnes mecanicamente separadas até o limite máximo de 60%, miúdos comestíveis de diferentes espécies de animais de açougue (estômago, coração, língua, rins, miolos, fígado), tendões, pele e gorduras.

Salsicha tipo Viena

É feita de carnes bovina e/ou suína e carnes mecanicamente separadas até o limite máximo de 40%, miúdos comestíveis de bovino e/ou suíno (estômago, coração, língua, rins, miolos, fígado), tendões, pele e gorduras.

Bon apetit.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »