Réquiem para uma besteira

31 jan • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Réquiem para uma besteira

O Brasil ruim, esse Brasil que cultiva o mal, a inveja, o ressentimento, a maledicência e acredita até em boi voador e chifre em cabeça de cavalo, esse Brasil não tem jeito pelo menos nas próximas gerações. Caso de falar mal de Israel e dos israelenses que vieram – com tecnologia de ponta – ajudar no resgate das vítimas de Brumadinho.

Como escreveu…

… o jornalista Carlos Brickmann (chumbogordo.com.br:

“O ódio ideológico não está apenas na Internet: transparece também nos jornais. Israel mandou uma força-tarefa para ajudar nas buscas? Junta-se o antissemitismo (“o dono da Vale é judeu, Israel usou a chance para ocupar Brumadinho”) – o dono da Vale não é judeu, a Vale não tem um dono, mas pertence a grupos econômicos e a fundos de pensão estatais – mas isso não é problema: o importante é espalhar o mal. O senador Roberto Requião diz que o grupo israelense veio é para derrubar o Governo da Venezuela. Desde quando Minas está perto da Venezuela? O importante é desmerecer a ajuda, como se fosse fruto de um pacto entre Bolsonaro, a quem odeiam, e os judeus, a quem têm horror. Têm de culpar alguém pelos problemas de Maduro – por que não Bolsonaro e os israelenses da equipe de salvamento?”

Pois é, digo eu, seria a primeira vez que um comando militar disposto a uma ação armada para dar um golpe em país vizinho chega a um país, desce num aeroporto e se deixa fotografar e gravar ainda junto ao avião que os trouxe com caras e bocas escancaradas. Que bobagem.

A falta que ele faz

O saudoso Stanislaw Ponte Preta (Sérgio Porto), escreve em 1966 o livro Febeapá – O Festival de Besteiras que Assola o País. Todas as besteiras de então representariam não mais que 1% das que são cometidas hoje. Em edição revista e ampliada, teria tantos tomos quanto a Enciclopédia Britânica.

Terra, mar e ar

A presença de barcos de pesca próximos à cabaceira da pista do Santos Dumont fechou o aeroporto por meia hora na manhã de terça-feira, 29. O empuxo das turbinas pode provocar acidentes. Como falamos aqui, arre tasca! Voar é muito perigoso. No céu, os balões soltos são tentativas de homicídio – um dia eles acertam. Na terra, a ingestão de pássaros pode dar meleca e agora até barco de pesca atrapalha. Ô seu Santos Dumont, o senhor nunca teria imaginado isso!

Algodão entre cristais

O gaúcho Claudio Lamachia, que encerra seu mandato frente à OAB nacional no dia 31 de janeiro, terá como sucessor o carioca Felipe Santa Cruz. Mesmo após agir em temas polêmicos, como ter requerido no STF a cassação do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e ter apresentado os pedidos de impeachments de Dilma Rousseff e de Michel Temer, Lamachia, entregará uma entidade unida para o sucessor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »