Reflexões canabianas

21 set • NotasNenhum comentário em Reflexões canabianas

 Maconheiros eram relativamente poucos, porque fumar maconha era coisa de muquirana, de bagaceira. Ninguém ama um bagaceira. Ou bagaceiro, na grafia da época. Ninguém da classe média entrava nessa fumaça, salvo exceções. Era pior que ser cachaceiro. Engraçado, não lembro de ter conhecido um maconheiro-cachaceiro.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »