Quem avisa amigo é

28 out • A Vida como ela foiNenhum comentário em Quem avisa amigo é

  O ex-ministro Guilherme Afif Domingos disse ontem que nenhum outro país do mundo “têm o manicômio tributário brasileiro”. Realmente, o cipoal de taxas e tributos é uma coisa de louco varrido. Varrido e encerado, acrescento.

  Em 1989, Afif, que era secretário da Fazenda do município de São Paulo, visitou Porto Alegre e foi palestrante de reunião-almoço da Federasul. Eu estava lá. Desde aquela época, Afif era crítico da alta carga tributária. Imagina, naqueles tempos a carga era peso-leve. Contou o caso de um empresário amigo que o procurou.

   – Afif, diz para teus fiscais largar o meu pé porque eu pago todos os impostos direitinho, não devo nada.

   – Então você vai quebrar – respondeu o secretário.

 O visitante fez um silêncio, olhou para a plateia que aguardava o fim do caso.

   – Ele quebrou mesmo. Eu avisei.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »