Que venha o comunismo

18 dez • Caso do Dia, Notas1 comentário em Que venha o comunismo

comunismo

Pela primeira vez, acredito que o Brasil deva ser comunista. E da linha chinesa. Tivéssemos esse regime, o país seria um canteiro de obras, pontes e viadutos seriam construídos em poucos meses, haveria dinheiro para construir dezenas de aeroportos e milhares de quilômetros de novas rodovias, a tecnologia de energia solar seria a melhor do planeta. Só teria que ter uma condição: cada PC de cidade ou estado deveria tocar o barco, pagando regiamente seus diretores. Exemplifico.

Foto: Freepik

CHAVISMO-MADURISMO

Na China, o PC de Pequim, por exemplo, é dono de várias montadoras, o PC de Xangai tem interesses no setor elétrico e assim por diante. Mas atenção: eles teriam que ser tropicalizados como o são os automóveis europeus que importamos. Porque se afrouxarem as rédeas os diversos PCs vão querer dar dinheiro para a Venezuela ou financiar o chavismo-madurismo. O dinheiro viria de onde? Como não tem mais ouro de Moscou – como nos anos 1940 e 1950 -, caberia ao politburo e ao PC da China essa tarefa.

PENSANDO BEM…

…melhor não. Mesmo com dinheiro a rodo, os comunistas brasileiros arruinariam o Brasil. E se os chineses os importassem, quebrariam a China. Portanto, esqueçam tudo que escrevi.

TEM SAÍDA, SIM

Há alguns anos, um economista publicou um livro intitulado “O Rio Grande tem saída?” Considerando as atuais condições de temperatura e pressão, podemos dizer que tem saída sim. O Aeroporto Salgado Filho.

TODO MUNDO EM GREVE

Um engraxate veterano da Praça da Alfândega contou que, a duras penas e após anos de labuta, conseguiu comprar seu pé de borracha, um singelo Celta semi-velho. Até tinha conseguido um lugar para estacionar “no mól”, mas com os protestos diários dos grevistas não conseguiu sair do Centro rumo a sua casinha.

TODO MUNDO EMPAREDADO

Voltou ao ônibus, que também atrasa porque os grevistas fecham as ruas do Centro a qualquer momento. “Todos os dias durante todo o ano alguém reclama alguma coisa”, diz ele, inconformado com sua triste sina. São tão trises estes dias.

PENSAMENTO DO DIAS

Ah, se tudo desse certo eu morava em Paris.

One Response to Que venha o comunismo

  1. Sérgio Alves de disse:

    Tens toda a razão,Professor Albrecht. Se o comunismo quiser um dia ser riscado do mapa das ideologias,basta que ele entre de “sola” no Brasil, que seria a sua completa desmoralização,o seu “the end”,para toda a eternidade. Os comunas “tupiniquins” dariam um jeito para que isso acontecesse. Basta ver que o Brasil já avacalhou tanto a democracia,quanto o capitalismo. O mesmo se daria com o comunismo. Por isso se os chefes comunistas do mundo pensassem melhor,acabariam desistindo e mesmo proibindo a exportação desse modelo para o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »