Primeira Presidência

28 jun • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Primeira Presidência

O ministro Ricardo Lewandowski proibiu a venda de empresas públicas sem aval do Congresso, nas três esferas de governo. O Supremo realmente manda neste país. No caso, manda mal. Um dia antes, abriram as celas dos presos da Lava Jato. Não cabe a pergunta “Onde vamos parar?”. Não vamos. Vamos para o fundo. E o Congresso, ora o Congresso…

Os três tribunais

Do jornalista Carlos Brickmann: Um grande político baiano, Otávio Mangabeira, dizia que, por mais que um fato fosse estranho, na Bahia havia precedente. No Brasil também: o único país do mundo a ter Justiça do Trabalho e Justiça Eleitoral criou também três Supremos Tribunais Federais. Um está na cabeça do ministro a quem o caso é entregue, e que prende e solta a seu critério. Outro é o do plenário, com os onze ministros que a Constituição determina. O terceiro é o das turmas, cada uma com cinco ministros. Sabe-se que o ministro Édson Facchin, ao ver que Lula seria solto pela Segunda Turma, decidiu levar seu caso ao plenário, que o julgará depois das férias. Lula fica preso até agosto ou setembro.

A várzea

Onze craques ou supostos como tal reunidos numa só time não formam necessariamente uma seleção prodigiosa. A contrário, todos esses egos reunidos podem ser piores do que um time de futebol de várzea bem afinado.

Galeria BRDE

Galeria dos presidentes do BRDE

Foto: Mauro Lewa Moraes

O ex-presidente do BRDE e atual secretário da Agricultura, Odacir Klein, teve descerrada sua foto na galeria dos 31 ex-pesidentes da instituição. Nos agradecimentos, Odacir cunhou frase espirituosa referindo-se aos tempos difíceis de recessão econômica e ao desempenho do BRDE:

“A estrada é pedregosa, mas o veículo é muito bom!!!”.

E aduziu: “Onde eu estiver, haverá a defesa muito forte do Banco como instrumento para promover o desenvolvimento e a integração regional”.

País de fofoqueiros

Sempre acho estranho que, nas redes sociais, primeiro se comenta o estado físico dos comentaristas de TV – se está gordo, velho etc – antes de falar sobre a qualidade das suas análises.

A Vingança dos Velhotes

Há muitos anos, cristalizei convicção que você está velho quando diz ou faz três coisas:

  • 1) Diz a toda hora “no meu tempo”;
  • 2) repete “mas onde é que vamos parar!”:
  • 3) compra balinhas e dá para as garotas do seu círculo privado ou profissional.

Especialmente esta última é mortal. Mas não dá para evitar comparações de outros tempos com a algazarra ofensiva comum neste milênio.

A vingança de Cronus II

Só que está mudando. Com a aceleração cada vez maior da tecnologia, usos e costumes – o celular lançado hoje estará obsoleto já na madrugada seguinte. Até uns 20 anos atrás, pessoas com 40 anos se sentiam jovens. São, desde que você não tenha. E vem a vingança do deus Cronus, o deus do tempo: hoje, alguém de 40 anos, e amanhã alguém com 30 anos, já pode dizer “no meu tempo”.

Jornadas do Trabalho

A cidade de Carazinho recebe nesta quinta-feira (28) as Jornadas Brasileiras do Trabalho. O evento, que percorre diversos municípios, acontece às 12h, no Clube Comercial, situado na Rua Boaventura Subtil de Oliveira, 65 – Centro da cidade. Serão palestrantes desta edição o ex-ministro do Trabalho e deputado Federal, Ronaldo Nogueira; o filósofo e professor universitário, Denis Rosenfield; o ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Alexandre Agra; e o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, Amaury Pinto Rodrigues.

O projeto Jornadas Brasileiras do Trabalho visa explicar a nova lei trabalhista. Serão 16 ao todo e em várias cidades brasileiras.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »