Poupança externa

17 jun • Caso do DiaNenhum comentário em Poupança externa

É espantosa a facilidade com que os delatores premiados entregam enormes somas de dinheiro mal havido. Até familiares pressurosos contam quanto o premiado amealhou, e onde abriu conta. Como ninguém fica bonzinho de uma hora para outra, a pergunta sem resposta é: qual o percentual dos afanos que NÃO foi devolvido, que deve estar na casa da sogra, em algum paraíso fiscal ou até mesmo enterrado num terreno no interior?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »