Paradoxo jornalístico

10 mar • Caso do DiaNenhum comentário em Paradoxo jornalístico

 Como todos sabem a minha profissão não está imune à mediocridade cultural brasileira, salvo às exceções de sempre. E aí vem o paradoxo: com um vocabulário paupérrimo, estoque de leitura quase inexistente, como este pessoal que entra no mercado vai conseguir descrever o cotidiano se não tem palavras para expressá-la? Como diz o povo, é duro o beiço do burro. Provavelmente, essa gente não entenderá o que significa ou entenderão errado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »