Papai Noel no Gramadozoo

26 dez • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Papai Noel no Gramadozoo

gramado zoo

DSC_2283Papai Noel levou presentes aos animais do Gramadozoo. O tratador Zeca Mantey fez o enriquecimento ambiental com a roupa vermelha do Bom Velhinho. No recinto das onças, os pacotes estavam recheados de petiscos.

Uma guirlanda repleta de tiras de carne durou poucos minutos. Pelo menos eles não precisam de panetone.

Fotos: Divulgação Gramadozoo/Halder Ramos

Promessas vãs

Do blog Chumbo Gordo do jornalista Carlos Brickmann: “Durante a campanha, o governador Rui Costa garantiu que a situação financeira da Bahia estava bem resolvida. Reelegeu-se. Agora se sabe que a Bahia não tem recursos nem para por em dia as contas da saúde. Clínicas e hospitais que atendiam servidores públicos limitaram o serviço que prestam aos segurados, com a alegação de que os pagamentos do Governo baiano estão atrasados. Há revolta no funcionalismo – mas que fazer depois de, com seu voto, ter contribuído para a ampla vitória do petista Rui Costa?”

Recuerdos do Natal

Eu e o Papai Noel temos uma coisa em comum: ambos estamos com o saco nas costas.

Estímulo ao conhecimento

languiruO final de 2018 foi marcado pelo encerramento de uma caminhada que buscou incessantemente o conhecimento e estimulou a integração, de uma forma nunca antes vista na história da Cooperativa Languiru. O Programa de Desenvolvimento de Conselheiros de Cooperativas realizou as suas últimas quatro aulas e entregou um novo conceito de liderança ao seu quadro social.

Tenho acompanhado a trajetória dessa cooperativa de Teutônia ao longo dos anos. Ela sempre mantém o seu público e a imprensa atualizada quanto aos processos que imprime na gestão. Oxalá todas as cooperativas fizessem o mesmo.

O Natal de Angela

o natal de angela

Se você não assistiu ainda, tire um tempo para ver, no Netflix. O trailer está aqui.

Conversa de robô

Menos de 2% das organizações do país estão inseridas no conceito de indústria 4.0, segundo a ABDI. O maior desafio das empresas é ficar mais competitiva aumentando a produtividade e reduzindo custos. Inteligência artificial e veículos autoguiados já são uma tendência mundial. “Temos que entender de que maneira as tecnologias disruptivas estão mudando o modo de produção da indústria. Não existe mais condições de continuarmos sem adotá-las. Mas é uma agenda de longo prazo” explica Paulo Mól, diretor de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Um investimento de R$340 milhões transformou a capacidade produtiva da fábrica da Scania em São Bernardo do Campo. A grande novidade é o sistema de solda a laser por robôs integrada à movimentação inteligente por AGVs. A nova planta tem capacidade de produzir até 25 mil cabinas anuais, com 19 modelos diferentes. O processo 100% automatizado é destinado à solda.

Além de mais eficientes e silenciosos, são muito mais rápidos para emitir feedbacks e elaborar relatórios. A tecnologia permite a comunicação com as equipes que trabalham na fábrica brasileira, assim como com a fábrica matriz da Scania que está localizada na Suécia, Norte da Europa.

Isso graças ao reconhecimento de padrões, o qual permite antever problemas e, assim, uma intervenção atempada se faz possível, mesmo antes da máquina deixar de funcionar. Ao todo são 75 robôs na nova fábrica, os quais comunicam entre si em tempo integral.

Jornal do Comércio

Leia e assine o JC clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »