Pacientes artríticos em movimento

17 abr • NotasNenhum comentário em Pacientes artríticos em movimento

Fernando Albrecht divulga atividades do grupal que mantem em movimento pacientes reumáticos

Com diversas doenças reumatológicas, o público da ONG Grupal (Grupo de Pacientes Artríticos de Porto Alegre) sente terríveis dores em diversos locais do corpo e precisa manter-se em movimento para não ter atrofia em articulações ou músculos. São pessoas de cinco a 86 anos, de todas as partes do Estado, atendidas diariamente no Centro de Porto Alegre ou em Alvorada.

Fernando Albrecht divulga atividades do grupal que mantem em movimento pacientes reumáticosDesde atendimento jurídico, psicológico a atividades físicas quase diárias são oferecidos a quem precisa vencer a dor a cada amanhecer. A anciã entre as pacientes, Therezinha Azevedo (na foto com a assistente social Rejane Souza), faz todas as atividades físicas disponíveis: dança circular, pilates, yoga, alongamento e tai chi chuan. Há um ano, deixou de residir com familiares e foi morar sozinha. Limpa a casa, passeia, viaja, faz compras. Mas não foi sempre assim. Andava bem curvada, tinha dor nas articulações e já fez cirurgia na coluna, onde colocou alguns pinos.

A mudança foi possível após iniciar os exercícios na ONG. “Trabalhamos a pessoa como um todo”, relata a presidente da associação Iara Cabreira Kobielski. Ela afirma que os exercícios fazem muita diferença. “A gente se entrega para a dor e o sofrimento. A atividade física faz com que se retome a vida e volte a ser uma pessoa completa.”

Para participar das atividades físicas, a pessoa tem de ter diagnóstico de qualquer doença reumática, liberação do médico e estar em tratamento para a dor. Alguns demoram um pouco para ter retorno na qualidade de vida, mas melhora consideravelmente. “Além da atividade, que alivia as dores, a pessoa convive com seus pares e percebe que não está sozinha com este grande problema.”

O Grupal, que completa 33 anos em maio, é sustentado por doações. Empresas podem aportar recursos de imposto devido através do Fundo do Idoso. Pessoas físicas também podem fazer doação de qualquer valor ou destinar parte do imposto devido. O importante é orientar o contador na hora de fazer a declaração do IRPF. Para maiores informações, ligue: (51) 3028-5646.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »