Os perigos do comer

20 jun • Caso do DiaNenhum comentário em Os perigos do comer

Detalhe de óleo sendo colocado em salada foto Freepik

 Coisa de doido esse vaivém de faz-mal-faz-bem. Agora é o óleo de coco que está na berlinda. Semana passada, li que o óleo de canola tinha gordura hidrogenada ou algo que o valha, que ambos – coco e canola – causavam mais mal que margarina e gordura animal. Puxa, e eu que pensei que tiraram a banha de porco das comidas perversas, doentias e demoníacas.

 O pior é que sempre são citadas fontes vagas, fulano e sicrano da Universidade Tal, não raro em países e cidades de menor porte. Ninguém vai lá e confere, nem que seja o nome dos doutores e a sua reputação. Ah, mas saiu na revista Nature ou na The Lancet. Também não sei se saiu, a propósito, ninguém vai lá conferir. Igual, elas também podem ser vítimas de enganadores.

 Desconfio que sejam pegadinhas, como as que pululam na internet. Esfregar folhas de pé de urtiga em um pano lavado com vinagre que deve ser usado no banho cura todas as alergias, sabiam disso? Não, não sabiam porque eu inventei isso agorinha mesmo. Se algum de vocês ler isso na internet, me avise que eu quero direito autorial.

 Viver é muito perigoso, escreveu Guimarães Rosa. Melhor seria dizer que comer é muito perigoso.

Foto: Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »