Os perigos da cama

15 mar • Caso do DiaNenhum comentário em Os perigos da cama

 Alguém do meu miniuniverso de leitores alvitrou que devo levar mais a sério as pesquisas e as estatísticas. Pesquisas são importantes, mas não são verdades absolutas, como sabem até os santinhos dos candidatos a cargos eletivos. Além do mais, o mercado está abarrotado de institutos de “pesquisas”, além dos trabalhos feitos sem rigor científico. Sem falar que, às vezes, se confunde pesquisa com enquete.

 Pesquisas e estatísticas induzem a erros fenomenais, com o exemplo clássico de um cara com a cabeça dentro de um forno e os pés no freezer. Mas quem matou a pau foi a publicitária Daiana Ruttul. Segundo as estatísticas, disse ela, o lugar mais perigoso da Terra é a cama, porque é o lugar que morre mais gente no mundo.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »