Os lanches da infância: banana e canela

21 out • A Vida como ela foiNenhum comentário em Os lanches da infância: banana e canela

Quando eu era piá em São Vendelino, caminhava um  quilômetro em estrada de chão batido para ir ao grupo escolar. De calças curtas e de chinelo, os invernos eram – literalmente – de doer. Uma capa Tropeiro me defendia da chuva e do vento cortante. Na sacola de pano, livros, cadernos e a merenda. Ó que saudades que eu tenho etc e tal.

Meu pai era comerciante, então tínhamos um padrão de vida superior aos colonos, mas naquela época a frugalidade era regra. Ainda mais meu pai, que sofrera os horrores da Alemanha pós-guerra, a I Guerra Mundial. Pão preto torrado com duas opções: ou banana amassada e açúcar, ou com  manteiga, açúcar e canela. Eu era feliz.

Às vezes trocávamos merenda. Linguiça caseira com pão, schmier de cana de açúcar com nata era meu escambo preferido. No quinto ano, o grupo escolar passou a fornecer lanches. Foi então que descobri os prazeres do arroz de leite e do Toddy.

Honestamente, a merenda da minha mãe era melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »