Os iluminados

21 mar • Caso do DiaNenhum comentário em Os iluminados

Como minha atividade profissional é espremer o máximo de informação em notas curtas, não raro uso dessa habilidade para resumir óperas. Por exemplo, quando algum executivo ou parente estrangeiro se diz perplexo com a forma como a esquerda brasileira age, não raro de braços dados com o capitalismo (selvagem, inclusive) eu explico que se tratam de seitas, e seitas dispensam a lógica salvo a deles. Como os Iluminati do Anjos e Demônios.

Já quando a perplexidade é com relação à política partidárias e suas regras, a estratégia é outra. Em vez de explicar confundo ainda mais. Caso dos trocentos mil partidos registrados. Um deles é o Partido da Mulher Brasileira que, segundo li na ZH, começou com 20 parlamentares há um ano e hoje tem só dois. E nenhum é mulher.

Se eu não consigo entender, como é que vou explicar?

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »