Os especialistas do nada

22 fev • Caso do DiaNenhum comentário em Os especialistas do nada

 Uma boa maneira de conseguir holofotes é ser contra o lógico. Caso da intervenção no Rio de Janeiro. Os contras se dividem em dois grupos, políticos e personalidades de esquerda e alguns “especialistas”. Político não é novidade, afinal eles até têm que ser contra Jesus Cristo, se foi o Temer quem o convidou. Quanto aos especialistas com aspas, tenho lido mais que o óbvio ululante do Nelson Rodrigues, justificar o óbvio com a ferramenta mágica chamada pesquisas.

 Pois então. Li uma delas dizer que entrevistou mais de uma centena de especialistas – sempre eles – e concluiu que, no médio e longo prazo, a segurança dos militares não vai dar certo. Ora, ora, madame. Eu não sou especialista e também sei, assim como os cassetetes da PM, que militar não tem vocação para polícia, então é uma ação emergencial e, depois de um certo tempo, a intervenção cessará.

 O pior é que nenhum desses salvadores do Rio de Janeiro levantou uma alternativa à ação militar. Até o Lula meteu pau, logo ele cujos amiguinhos que governaram o estado deixaram a situação degringolar.

 Mas assim é o Brasil. Quanto menos o cara sabe, mais sucesso ele obtém.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »