Os empreendedores do lixo

7 mar • Caso do DiaNenhum comentário em Os empreendedores do lixo

 Vejam vocês como se encontra empreendedorismo em qualquer ramo de atividade. Em Porto Alegre, temos os catadores de materiais recicláveis fixos, que esperam os caminhões da limpeza urbana do DMLU, e os que vão à cata deles, seja como os caras de rua, seja com recolhimento ilegal de lixo com Kombi e outros veículos. A velha história de Maomé ir à montanha ou ela ir a ele. E digo isso sem nenhuma forma de troça ou por achar engraçado.

 Recentemente os fixos reclamaram que o volume de recicláveis vem caindo, talvez por questões sazonais, e acham que os culpados são os que se antecipam aos caminhões e ao arrepio das regras da prefeitura. Sim, pode ser. Mas, como em todo ramo de atividade, há os vivos e os mais vivos. Dá para dizer que, ilegais ou não, são empreendedores, os que de uma forma ou outra levam vantagem sobre os outros.

 Estranho mundo esse nosso. Como diz o povo, quem não corre, avoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »