Os beijoqueiros

28 out • Caso do Dia, Notas1 comentário em Os beijoqueiros

Father with his baby girl in hands

Os políticos em campanha tiveram uma enorme perda neste 2020. Não podem beijar crianças, tirá-las do colo das mães e posar para fotografias. Que tragédia. Alguns chegam a ter calos nos lábios. Em algum momento, imperadores, reis, presidentes, ditadores, deputados e vereadores tiveram que cumprir esse ritual. Verdade que alguns foram forçados a tal.

Imagem: Freepik

ESQUERDA, ARECADAR!

A esquerda brasileira sempre boa em arrecadar fundos. Está aí a campanha para prefeito de Porto Alegre para provar. Manoela D’Ávila, do PCdoB, já arrecadou quase o dobro dos outros sedizentes de centro ou de centro-direita. Até Chico Buarque, o pobrinho, ajuda. O que não chega a ser novidade.

https://www.banrisul.com.br/pix?utm_source=fernando_albrecht&utm_medium=blog&utm_campaign=pix&utm_content=centro_600x90px

Quando o MST estava no auge das invasões de terras produtivas, recebia dinheiro até de sindicatos alemãs entre outros. Já a direita, que deveria entender do metier, sempre foi um fracasso na hora de ajudar os seus candidatos. Só ajuda quando há chance de a esquerda vencer o jogo. É mesmo assim com perna de anão, na maioria das vezes.

A GRANDE DÚVIDA

É se o Brasil e o Rio Grande do Sul em particular vai enfrentar a tal de segunda onda do coronavirus, e com que intensidade. Um amigo me chamou atenção para uma distorção: não existe segunda onda, mas a continuação da primeira. Se bem que o vírus já sofreu dezenas de mutações. Até a semana retrasada, foram 49.

O que não está sendo divulgado é se na Europa e Estados Unidos a taxa de letalidade é igual ou menor que a de antes. Faz toda a diferença. Se substancialmente menor, ingressamos na endemia. Se for o caso, morreremos como antes.

A VEZ DAS DOENÇAS NORMAIS

O Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre informa que, para manter a qualidade, a segurança e os atendimentos a outras doenças, o Comitê de Enfrentamento do Coronavírus definiu ontem a restrição por 48 horas dos atendimentos a pacientes externos com COVID-19. A medida se deve à lotação das áreas destinadas a pacientes infectados com coronavírus na Unidade de Internação, Emergência e CTI.

SE…

..formos atrás da mídia, jornalões em especial, os quartéis estão em pé de guerra com as trocas e nomeações de generais em postos de ponta no governo Bolsonaro. Lembra uma frase de um presidente americano:

– Todos os dias leio primeiro os jornais para saber o que estou pensando.

One Response to Os beijoqueiros

  1. Reni Puls disse:

    Isso é melhor para os bebês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »