Operação Abismo

21 out • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Operação Abismo

A Polícia Federal deflagrou uma operação em seis estados e no Distrito Federal contra um suposto esquema de fraudes no instituto de previdência dos servidores de um município da região metropolitana de Recife. A Operação Abismo levou os agentes às ruas de Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba, Goiás, Santa Catarina e Distrito Federal para cumprir 64 ordens judiciais, sendo 42 mandados de busca e apreensão, dez mandados de prisão preventiva e 12 mandados de prisão temporária.

O outro abismo

Isso é que o que se descobre sobre fraudes na previdência em geral. Imagina o montante do que nunca foi descoberto e nem será descoberto porque esses caras são muito hábeis na arte de desviar recursos públicos.

Caixa próprio

Convém ficar de olho no desempenho do NOVO daqui para frente. Embora o candidato a governador Mateus Bandeira não tenha logrado êxito, o partido elegeu o deputado federal mais votado do estado e dois estaduais. Não seria algo extraordinário não fosse o fato de o NOVO ter como norma não usar recursos públicos. Os eleitos não podem concorrer à reeleição.

O de sempre

No mais, o grosso dos partidos antigos ou não seguem na mesma toada. Não mudaram em nada, a não ser se adaptando para as circunstâncias da legislação eleitoral.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »